Fala Radizeiro e Radizeira, tudo bem com vocês?

Na nossa série sobre o Elasticsearch, tenho mostrado diversas funcionalidades, e a usabilidade, não é mesmo?

Mas você já deve estar se perguntando, como eu vou usar, onde e como?

No post de hoje estarei lhe mostrando como utilizar de fato o Elasticsearch.

Mas para que possamos chegar  a esse ponto você teria que entender e conhecer um pouco mais sobre o Elasticsearch(a partir de agora irei chamá-lo de elastic, ok?).

Primeiramente iremos ter que entrar no site do elastic, através deste link https://www.elastic.co/pt/downloads/

Você já pode observar que o elastic é uma stack gigante.

Ele possui várias soluções para utilizar com o elastic.

Mas iremos ver somente 3 deles, o Elasticsearch, Kibana e o Logstash.

Simplesmente só clicar no link de downloads deles e instalar no seu sistema operacional.

E após instalado o Elastic, com sua instância ativa, só ir no seu navegador, e entrar no elastic através deste link http://localhost:9200.

Se você fizer isso já terá acesso ao serviço do elastic.

E para que você possa ter acesso a todos os índices disponíveis no elastic, basta adicionar esse link no seu navegador http://localhost:9200/_cat/indices?v.

Você verá todas as tabelas disponíveis no elastic.

Eu estou com o insomnia para testar as funcionalidades do elastic.

Irei lhe mostrar os primeiros passos com elastic para que você se sinta tranquilo para seguir na sua utilização.

Para que você consiga inserir um dado no elastic é bem simples.

O elastic trabalha com requisições rest, e isso o torna muito simples de integrar e utilizar.

Usando o insomnia, onde a única coisa que você tem que fazer é no Headers da requisição passar o Content-type como application/json.

E iremos criar um banco de dados, vou tratar desta forma para que fique entendido melhor para você que está acostumado com os bancos relacionais.

Nesse caso estou criando um banco de dados chamado userpass com a tabela chamada cliente, e estou inserindo o id 1.

E para que eu consiga inserir esse cliente de id 1 no elastic irei precisar passar um json com os dados.

Observe que nosso cliente foi criado com sucesso.

Acabei de realizar a inclusão de um dado dentro do elastic.

Muito simples não é?

Agora, como eu recupero os dados desse meu cliente?

Com o mesmo endereço da uri que colocamos, iremos alterar para o verbo get e teremos os dados desse nosso cliente.

Observe que temos as informações desse nosso cliente pesquisado.

Agora eu desejo buscar todos os clientes.

Agora tenho todos os clientes cadastrados no retorno, muito legal não é verdade?

Com isso temos registros dentro do Elastic, como se estivéssemos inserindo dados em um banco relacional.

Até aqui nada de novo para você que está acostumado a inserir dados e pesquisar em bancos relacionais.

Mas existe uma diferença no elastic, quando estamos inserindo ele está adicionando índices invertidos.

Se você observar nos post anteriores, eu expliquei sobre os índices invertidos.

Com isso o elastic já ficará preparado para as nossas pesquisas full text.

E caso você tenha interesse de conhecer mais sobre Elasticsearch no Delphi acesse o nosso portal do CLUBE DE PROGRAMADORES EM DELPHI, onde você não terá só conteúdos relacionados ao Elasticsearch, mas uma quantidade enorme de conteúdos que poderá lhe ajudar muito no seu dia a dia, é uma verdadeira NETFLIX para os programadores Delphi.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CLUBE DOS PROGRAMADORES DELPHI