Fala Radizeiro e Radizeira, tudo bem com vocês?

Tenho curtido muito essas nossas séries de posts aqui no blog, e espero que vocês também.

O mercado atualmente tem exigido muito das aplicações comerciais, e os usuários estão muito mais exigentes.

E isso não é ruim.

Mas nós do mundo Delphi temos que sair da nossa zona de conforto, e ir além.

Isso mesmo, sair do famoso client/server e se aventurar para esse novo normal.

Isso mesmo, o mercado mudou, e por que você não mudou?

Se hoje sua empresa, sua aplicação, seu negócio, não mudar, como diz o grande filósofo contemporâneo: “Sua empresa entrará no ciclo da falência”.

Creio que não é isso que você deseja.

E suas aplicações hoje tem que acompanhar essas mudanças.

Mas você pode estar se perguntando, como posso fazer isso com o Delphi, isso é possível?

Te digo que sim.

Nessa nossa série de posts no blog, irei mostrar que é possível aumentar o nível de suas aplicações.

E hoje levar suas informações para 3 camadas é algo que atualmente é usado e muito e diversas aplicações.

No mundo web, e mobile, isso é muito usado.

Então irei lhe mostrar nessa série sobre a stack do Elasticsearch.

Uma stack que irá dar um up em suas aplicações.

E no post anterior você conseguiu ver que hoje em dia se não tivermos uma estrutura que tenha maior estabilidade não iremos evoluir nossas aplicações.

Onde uma aplicação profissional vai muito além da IDE do Delphi/Firebird e Sistema Operacional.

Vai muito além.

Não adianta você simplesmente ter uma IDE, um banco de dados, e rodar em uma determinada plataforma.

Hoje para que você consiga desenvolver uma aplicação escalável, que suporte uma carga grande de dados, que tenha muitas requisições, existem inúmeros frameworks que lhe auxiliam nisso.

E a stack do Elasticsearch é uma dessas ferramentas que lhe auxiliam e muito.

E ele é um servidor de buscas distribuído, de fácil escalabilidade.

Quando falamos de escalabilidade, é a uma escalabilidade horizontal, ou seja, você consegue replicar os dados dele em várias máquinas, de forma fácil e ilimitada.

Se você tem uma máquina hoje que suporta 1000 usuários, vamos dizer assim, se você precisa de mais 1000, basta você levantar uma segunda máquina, ter uma segunda instância dessa primeira máquina.

Para que você possa suportar 2000 pessoas acessando seu sistema teria que fazer essas replicações.

E é mais ou menos isso que dizemos escalabilidade horizontal.

Horizontalmente você consegue levantar instâncias, cluster, que possam suportar uma carga nova de usuários, e ter uma performance melhor.

E o que é muito legal no uso do Elasticsearch é que toda sua comunicação é feita por API REST, ou seja, comunicação JSON/HTTP.

Não tem driver, não tem dll, não tem nada.

Você está levando o serviço do Elasticsearch, e aí você consegue fazer todas as operações dele utilizando uma API Rest.

Você pode consumir de qualquer linguagem, utilizando o padrão JSON, tanto para fazer a busca, quanto para obter os retornos.

Ele trabalha com armazenamento de documentos do tipo JSON.

Para quem já conhece o banco de dados MongoDB, onde você manda um documento JSON e já é persistente.

E você pode estar se perguntando, para que serve o Elasticsearch?

Ele serve para:

  • Recuperação rápida de documentos (Cache
    • Você consegue recuperar dados que estão mantidos em cache, reduzindo o consumo de requisições em servidores de banco de dados, se tornando muito mais rápido as buscas
  • Log
    • Fantástico para logs.
    • Aplicações do mundo inteiro usa o Elasticsearch para armazenamento de logs
  • Buscas Full-Text e Geolocation
    • Banco de dados feito para isso
  • Analytics e BI
    • Perfeito para utilização para dados desmoralizados.
  • Alertas e Classificações
    • Montar Ranking, buscas por mais relevante
  • Score Functions
    • Funções de pontuações, estabelecer valores para cada registro internamente.
    • Cada documento faz uma análise e dá um peso, fazendo com que sua busca seja mais precisa e muito além do order by.
  • Sugestões e Destaques
    • Lhe dar destaques dentro de uma busca, lhe passando sugestões sobre o que está buscando, muito parecido com o que o Google faz hoje quando estamos buscando algo.

Hoje existem uma gama de empresas que já utiliza.

Se você hoje estiver achando que não irá funcionar para você, que não irá pegar, que é apenas mais uma ferramenta que morrerá.

Essa imagem diz tudo.

Temos grandes empresas que utilizam em seus projetos.

São grandes empresas que trabalham com um grande volume de dados, e que utilizam essa ferramenta.

Uma ferramenta que está em uso em grandes empresas como essa merece um pouco mais de atenção.

E caso você tenha interesse de conhecer mais sobre Elasticsearch no Delphi acesse o nosso portal do CLUBE DE PROGRAMADORES EM DELPHI, onde você não terá só conteúdos relacionados ao Elasticsearch, mas uma quantidade enorme de conteúdos que poderá lhe ajudar muito no seu dia a dia, é uma verdadeira NETFLIX para os programadores Delphi.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CLUBE DOS PROGRAMADORES DELPHI