Fala Radizeiro e Radizeira, tudo bem com vocês?

Você já teve dificuldade em atualizar uma versão do Delphi, e dos drivers de conexão?

Isso geralmente é uma das grandes dores de muitos desenvolvedores Delphi.

A manutenção custosa, demora na entrega de solicitações.

Uma atualização de algum método ou requisito acaba quebrando outra parte de seu código?

Então quando trabalhamos com totalmente acoplados, isso mesmo, utilizando diversos componentes, isso nos torna custoso no futuro.

Quando desenvolvemos um software não pensamos que ele tenha um final de vida, mas uma vida duradoura.

E nesse caso temos que pensar num desenvolvimento que torne essa aplicação escalável e tenha uma maior vida útil.

Se você hoje que tem uma empresa  e trabalha com Delphi, tem grandes filas de chamados para o setor de desenvolvimento, e uma grande equipe, deve ser repensado.

Mas você deve está se perguntando, por que repensar?

Digo isso pois quando você tem muito acoplamento, tem esses problemas.

Agora quando você trabalha bem o código, deixa ele bem estruturado, esse custo é mais reduzido, seja no desenvolvimento ou financeiramente.

Quando trabalhamos com as boas práticas temos maior flexibilidade e entendimento no desenvolvimento dos nossos códigos.

Pensando nisso, eu tenho ao longo dos meus dias, dedicado para a aplicabilidade das boas práticas, seja em meus projetos, ou treinamentos.

Isso para que hoje você possa ter um código, e uma aplicação mais duradoura, e tenha menos dor de cabeça.

Mas você pode ter visto minhas aulas e dito, vou ter que escrever muitas linhas de código para isso?

Te digo que sim.

Você pode até ter uma certa demora em implementações, para essa melhora e aplicabilidade das boas práticas, mas isso é pensar no futuro.

E para ajudar no post de hoje irei mostrar uma das técnicas que uso para agilizar o meu desenvolvimento.

Iremos neste post falar dos Code Templates.

E neste post iremos mostra de uma forma bem objetiva de como você pode fazer pequenas mudanças, ajustes dentro do seu projeto que possam causar um grande impacto e efeitos no seu dia a dia.

Irei criar uma nova Unit no meu projeto de exemplo, e você pode observar ao criar uma nova unit que ela fica crua, ou seja somente com essas linhas de códigos.

unit Unit1;

interface

implementation

end.

Esse é um padrão de construção de uma unit.

E você pode ter observado que em todas as minhas aulas eu pego e chamo uma palavra, por exemplo, “classe”, e ela cria toda uma estrutura de código.

Ao chamar essa palavra eu executo o atalho Ctrl+j, onde ele me passar toda essa estrutura.

unit Unit2;

interface

type

TMyClass = class(TInterfacedObject, iMyInterface)
private
public
constructor Create;
destructor Destroy; override;
class function New : iMyInterface;
end;

implementation

constructor TMyClass.Create;
begin

end;

destructor TMyClass.Destroy;
begin
inherited;
end;

class function TMyClass.New : iMyInterface;
begin
Result := Self.Create;
end;

end.

Isso que acabamos de fazer são os Code Templates.

São templates de códigos que você pode criar dentro da IDE do Delphi.

Irei criar uma classe aqui para que possa compreender melhor de como é feito os code templates.

type
TClassePadrao = class
private
FInstance : TClassePadrao;
public
constructor Create;
destructor Destroy; override;
end;

{ TClassePadrao }

constructor TClassePadrao.Create;
begin

end;

destructor TClassePadrao.Destroy;
begin
inherited;
end;

end.

Observe que já temos uma estrutura de uma classe que estou definindo como padrão.

E esse será um template de classe.

Para isso iremos selecionar todo esse código, e ir no menu da IDE em View > Tools Windows > Templates.

Com o código selecionado e clicando na opção de templates, ele irá abrir as opções de templates, como pode ser visualizado na imagem abaixo.

Clicando na opção de novo template, como mostra na imagem acima.

Ao clicar nesse botão, irá abrir um arquivo xml, onde você define algumas propriedades.

Onde iremos definir um nome, uma descrição, autor  e a linguagem para essa template.

<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>

<codetemplate xmlns="http://schemas.borland.com/Delphi/2005/codetemplates"
version="1.0.0">

<template name="singleton" invoke="manual">

<description>
</description>

<author>
</author>

<code language="delphi">![CDATA[type
TClassePadrao = class
private
FInstance : TClassePadrao;
public
constructor Create;
destructor Destroy; override;
end;

{ TClassePadrao }

constructor TClassePadrao.Create;
begin

end;

destructor TClassePadrao.Destroy;
begin
inherited;
end;

end.]]

</code>

</template>

</codetemplate>

Observe que na tag language temos todo aquele nosso código selecionado na unit.

E você tem que ter todo cuidado, pois ao criar um template, você tem que definir um nome único e qual linguagem, sem isso não será possível a sua utilização.

Feito isso, basta clicar no botão de salvar, e com isso ele já irá abrir na pasta padrão dos templates do Delphi.

Agora você pode observar dentro da tela dos templates na IDE, nosso novo template.

Isso significa que ao chegarmos no nosso código e escrevermos singleton mais o atalho Ctrl+j, automaticamente irá preencher aquela nossa classe salva.

Muito legal, não é pessoal?

Isso é muito útil, e você irá utilizar muito no seu dia a dia, para determinar suas classes, e seus padrões que agilizam você na sua construção.

Dá para ser também rad a nível de código, não só no visual.

E caso você tem interesse de conhecer mais sobre Boas Práticas para conexão de dados acesse o nosso portal do CLUBE DE PROGRAMADORES EM DELPHI.

Você não terá só conteúdos relacionados ao Boas Práticas para conexão de dados, mas uma quantidade enorme de conteúdos que poderá lhe ajudar muito no seu dia a dia, é uma verdadeira NETFLIX para os programadores Delphi.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CLUBE DOS PROGRAMADORES DELPHI